Concussões Esportivas

Concussões Esportivas

divider pequeno

Concussões esportivas são lesões cerebrais traumáticas leves. Elas ocorrem em quase todos os esportes e afetam todos os atletas, desde jogadores profissionais até amadores.

 

A concussão esportiva tornou-se um problema significativo. Nos últimos anos virou manchete de jornais com matérias como “as consequências de voltar a jogar muito cedo depois de uma concussão” e levantou várias discussões a respeito do que acontece a longo prazo nas lesões.

 

Reconhecer a concussão e correr atrás de tratamento adequado é de suma importância, principalmente para os atletas mais jovens porque normalmente eles demoram mais que os adultos para se recuperar completamente.

 

Além disso, os treinadores, pais e professores da escola devem estar cientes de que a concussão causa diversos problemas sérios e pode interferir não apenas na vida esportiva, mas também em todas as outras áreas da vida das pessoas. A maioria dos atletas consegue se recuperar completamente da concussão.

 

Apesar de muita discussão, não existe uma definição clara de concussão. Os especialistas não têm certeza se ocorre de fato algum dano ao cérebro com alguma concussão. Os exames de imagem, como tomografia e ressonância magnética, geralmente não detectam nenhum dano cerebral – como hematomas ou hemorragias – em pacientes com concussão.

 

Contudo, uma concussão prejudica temporariamente a forma como o cérebro funciona e processa as informações. Por exemplo, após uma concussão, um paciente pode ter dificuldade em equilíbrio, coordenação, memória e fala.

 

A concussão geralmente não dura muito tempo. A maioria das pessoas se recupera dentro de 7 a 10 dias. Infelizmente, uma vez que um atleta sofreu uma concussão, ele ou ela tem maior risco de sofrer alguma outra concussão. Concussões repetitivas podem ter consequências a longo prazo, por isso a prevenção é essencial.

Concussões Esportivas

Causas das Concussões Esportivas

divider pequeno
Concussões Esportivas

Derivado da palavra latina concusses, concussão significa tremer violentamente. Uma concussão ocorre quando uma força faz com que o cérebro se mova rapidamente de um lado para o outro dentro do crânio. Isso pode ser causado por um golpe direto ou por um golpe no corpo que força a cabeça a girar rapidamente.

 

Embora alguns esportes tenham casos mais elevados de concussão – como futebol, hóquei no gelo e futebol americano – concussões podem ocorrer em qualquer esporte ou atividade recreativa.

Sintomas das Concussões Esportivas

divider pequeno

Devido às potenciais sequelas a longo prazo da concussão esportiva, é importante que atletas, treinadores e pais saibam o máximo possível sobre como reconhecê-las.

 

Os sintomas nem sempre são óbvios. Embora seja comum assumir que as concussões causam perda de consciência, muitas pessoas que tiveram concussões não perderam a consciência.

 

A concussão causa uma variedade de sintomas. Estes podem aparecer imediatamente, ou vários dias após a lesão. Alguns sintomas são físicos, como sonolência. Outros são cognitivos, como perda de memória. Em muitos casos, as pessoas com concussões ficam mais emotivas que o normal.

 

Os sintomas mais comuns de concussão incluem:

 

  • Sonolência;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de consciência;
  • Perda de memória;
  • Irritabilidade;
  • Confusão;
  • Problemas de equilíbrio, tonturas;
  • Dificuldade em falar e se comunicar;
  • Depressão;
  • Náusea e vomito;
  • Mudanças no sono.
Temos Ortopedistas especialistas em Medicina Esportiva. Entre em contato conosco.

Prevenção para Concussões Esportivas

divider pequeno

Embora a prevenção de lesões comece com o equipamento adequado, não existe algo como “um capacete a prova de concussão”.

 

Jovens atletas devem ser treinados em técnicas de esportes seguros e devem seguir as regras do jogo. Além disso, as mudanças de regras devem ser consideradas em esportes onde a força é de muita importância. Isso não só promove o fair play, mas também protege os participantes.

 

Para voltar ao jogo, a maioria dos atletas minimizará seus sintomas. Entender as consequências duradouras da concussão repetida é uma parte importante da prevenção. Várias organizações médicas e esportivas desenvolveram recentemente programas de conscientização de concussão para atletas, treinadores e pais. Esses programas educacionais desempenham um papel crítico ao ajudar a reconhecer lesões e evitar lesões repetidas.

Tratamento para Concussões Esportivas

divider pequeno

Concussões EsportivasA chave para a cura de uma concussão é o descanso. Isso inclui não apenas o descanso físico, mas o descanso mental, também. A leitura, o trabalho em computador, os videogames – até a televisão – devem ser limitados até que todos os sintomas tenham sido resolvidos. Isso geralmente leva de 7 a 10 dias, embora algumas pessoas tenham sintomas por semanas ou meses após a lesão.

 

Uma vez que você está livre de sintomas, você pode retornar gradualmente à sua vida normal. É importante retornar lentamente às atividades diárias porque estar livre de sintomas não significa que a lesão cerebral tenha se curado completamente. O médico pode recomendar um programa passo a passo: primeiro adicione uma atividade e, em seguida, fique atento a como seu corpo reage seus sintomas. Se seus sintomas não retornarem, você pode continuar voltando as suas atividades normais.

 

Essa abordagem lenta e estável geralmente reduz o tempo gasto na escola, no trabalho e nos esportes porque proporciona tempo suficiente para que a ferida cure. Mergulhar de volta às atividades assim que seus sintomas forem resolvidos pode trazê-los novamente e talvez pode até mesmo fazê-lo piorar.

Voltando a Praticar Esportes

divider pequeno

Voltar a praticar esportes muito cedo aumenta o risco de alguma outra concussão.

 

Se você sofrer uma concussão antes de alguma outra ter curado, pode demorar muito mais para que você se recupere e isso pode causa a você sintomas a longo prazo, como dificuldades de aprendizado ou dores de cabeça crônicas. Embora raramente aconteça, a repetição da concussão pode causar danos cerebrais permanentes e até a morte.

 

Recomendações

A Academia Americana de Pediatria recomenda que jovens atletas com concussões sejam avaliados e por um médico antes de retornarem ao esporte. A Academia Americana de Neurologia oferece uma recomendação similar.

 

Avaliação neurocognitiva

Como é difícil determinar quando uma concussão se curou completamente, a avaliação neurocognitiva é uma ferramenta importante para avaliar se é seguro para um atleta voltar a jogar. Antes do início da temporada esportiva, cada atleta realiza um teste informatizado que mede as funções do cérebro, como memória e tempo de reação. Se um atleta mais tarde tiver uma concussão, os testes pós-lesão podem ser comparados com a avaliação original para medir a gravidade da concussão e ajudar os médicos a monitorar a cicatrização.

 

Além disso, avaliações pré-temporada podem ajudar a identificar atletas que tiveram concussões anteriores e que não foram percebidas e que tem risco de ter mais uma concussão.